Notícias

Reconhecimento da Valorização Material no coprocessamento

A AVE - Gestão Ambiental e Valorização Energética realizou adjudicou à empresa 3Drivers o estudo: ”Coprocessamento – Valorização material de combustíveis alternativos na indústria cimenteira”. Um projecto pioneiro que teve como parceiros a Sociedade Ponto Verde, a Valorpneu e a Valorcar.

Pretendia-se fundamentar a sustentabilidade da solução coprocessamento, ao avaliar o índice de recuperação material dos resíduos associada ao processo de coprocessamento de resíduos. Tendo como base este projecto, a AVE - Gestão Ambiental e Valorização Energética conseguiu sustentar os argumentos para que se estabelecesse em Portugal, a diferença entre a incineração e coprocessamento.

Ao desenvolver uma metodologia que permite calcular a fracção que é valorizada quer energetica, quer materialmente, o estudo possibilita que esses valores sejam incorporados na taxa de reciclagem de cada fluxo.

O estudo mostra que o coprocessamento de resíduos de pneus usados poderia ter contribuído em cerca de 8% para o cumprimento das metas de reciclagem deste fluxo entre 2010 e 2014.

Nos veículos em fim de vida essa taxa poderia variar entre 1 e 2% para o mesmo período.

Nas embalagens o potencial de aumento da taxa de reciclagem pode chegar aos 2,6 %, já em 2016.

O pioneirismo e oportunidade deste estudo foi já reconhecido internacionalmente, estando algumas associações industriais europeias a adaptar o conteúdo às suas realidades específicas.